Histórico
 25/06/2006 a 01/07/2006
 21/11/2004 a 27/11/2004
 14/11/2004 a 20/11/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 04/07/2004 a 10/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
VITROLA


Tema do novo filme do 007???

Bic Runga é da Nova Zelândia onde é tão famosa quanto Madonna. Ouça "Say After Me" e me diz se não parece tema de filme de James Bond. Não sei se já definiram quem terá a honra de gravar a música de "Casino Royale", mas acho que Bic Runga faria bonito. C

Check it out: http://www.myspace.com/bicrunga  



Escrito por Newton às 21h07
[] [envie esta mensagem]



This is house music

Hed Kandi é um dos melhores selos de house music do planeta. Eles são de UK e existem há 5 anos. Além dos ótimos cds, eles possuem um programa de rádio e realizam as mais badaladas festas de house da Europa.

Por ano, eles lançam no mínimo 6 compilações que trazem o melhor em cada vertente da house music: Disco Kandi (house com vocais poderosos), Disco Heaven (soulful house), Beach House (house com fortes influências latinas), Twisted Disco (house com batidas mais pesadas), Winter Chill (chill-out) e Back To Love (house clássicos).

 

 



Escrito por Newton às 19h02
[] [envie esta mensagem]



Viva o Verão !

Se você está procurando uma trilha sonora para embalar os dias ensolarados (ou serão chuvosos?) deste verão, compre "Palookaville" - novo trabalho do mega dj Fatboy Slim. É colocar o cd para tocar e não tirar mais! Pode começar a gelar as cervejas e reunir a galera, porque a trilha sonora já está no ponto!

Programe o "Repeat" para "Slash Dot Dash", "Wonderful Night", "The Joker" e "Don't Let The Man Get You Down".

 

 



Escrito por Newton às 12h58
[] [envie esta mensagem]



Isto é só o começo... o melhor de 2004 !



Escrito por Newton às 19h43
[] [envie esta mensagem]



Será que consigo viver sem ir aos EUA????

Esta foi uma das piores experiências da minha vida. Minha entrada nos EUA foi negada, pois eu iria participar de uma reunião de negócios e estava usando o meu visto de turismo. As consequências desta infração: fiquei detido no aeroporto de Dallas por 12 horas, incomunicável, me sentindo um perfeito criminoso, fui fichado - com direito a foto + impressões digitais e fiquei em uma sala mínuscula que tinha apenas um daqueles bancos grudados na parede + banheiro, meu visto de turista foi cancelado e tive que voltar para o Brasil no mesmo dia. Ah, não tenho certeza se eu poderei entrar nos EUA novamente, mesmo pedindo um novo visto. O Consulado pode negar ou não o visto, dependerá de como eles irão interpretar esta infração.

Pensando no lado pessoal, acho que isto não é tanto problema, pois 1) existem milhares de outros lugares além dos EUA para se conhecer; 2) shopping a gente faz em qualquer país, inclusive, pela internet; 3) tenho amigos que costumam ir para os EUA frequentemente e que se for preciso podem trazer algumas encomendas. A minha preocupação maior é no lado profissional. Infelizmente, a maioria das empresas que o Brasil tem relacionamento são americanas. As chances de você precisar atender uma reunião nos EUA é muito maior do que na Europa ou Ásia. E isso impacta diretamente a minha carreira, o meu trabalho.

Não dá para saber o que acontecerá, só mesmo dando entrada em uma nova solicitação de visto. Uma pessoa entendida no assunto diz que não terei problemas. Só Deus sabe... quero dizer... só Bush sabe... Será que vou me tornar um anti-americano???

 I'm Free Soup Dragons               Freedom 90 George Michael

  Heaven Knows I'm Miserable Now    America is not the world



Escrito por Newton às 13h07
[] [envie esta mensagem]



Mandatório: Dizzee Rascal

Alerta geral. O single do ano já está circulando na internet: "Stand Up Tall" do Dizzee Rascal. É um míssil sonoro de batidas quebradas, rap cantado na velocidade da luz, sirene e muito groove. Só ouvindo para entender o que eu quero dizer.

O lançamento oficial do single na Inglaterra é dia 23/08 e o álbum "Showtime" sai dia 06/09. Os jornais já estão dizendo que ele é uma das atrações do próxima Tim Festival que este ano acontece em Novembro e terá edição paulista. Finalmente alguém conseguiu perceber que lugar de show é aqui em Sampa.

Enquanto o CD não chega, faça o download já !!!

     

 

 



Escrito por Newton às 22h32
[] [envie esta mensagem]



Nonstop to Tokyo

Este posting é em homenagem a uma amiga que conheci em Dublin (!!!) em uma das minhas viagens pela Amex. Ela é carioca, já trabalhou na Amex, é casada com irlandês e mora em Dublin há um bom tempo. Seu nome é Andrea Marques. Ela adora a cultura japs: comida, mangá, anime, música, cinema, trajes típicos... atualmente, coleciona "nekos", aqueles gatos que trazem sorte para o comércio (ela tem uma coleção com mais de 20 nekos!). Andrea, quem sabe este posting vai te inspirar a começar uma nova coleção?

   

Pizzicato 5 é a melhor e mais criativa banda do pop japonês. Eles surgiram em 1984 e encerraram a carreira em 2001. Apesar do número 5 no nome, a sua formação nunca passou dos 3. Yasuharu Konishi e Maki Nomiya conquistaram o mundo através da gravadora Matador Records que lançou seus trabalhos na Europa, nos EUA e também no Brasil.

Tudo no P5 é retrô: a música, o visual, o design gráfico dos CDs. O seu som é altamente influenciado pelo pop dos anos 60 e pela bossa nova, tanto que regravaram para uma compilação de lounge music a famosa "Garota de Ipanema".

Para um primeiro contato com o som do P5, eu recomendo 2 compilações que cobrem praticamente toda a carreira da banda:

"Made in USA"    "R.I.P."

Com essas 2 compilações, você com certeza vai se tornar um fã do Pizzicato Five. Aí o próximo passo é acessar o Amazon e começar a encomendar, um pouquinho a cada mês, os mais de 50 títulos disponíveis. Se você curte design gráfico, os CDs do P5 são um prato cheio.

ARIGATO PIZZICATO FIVE !

   

   

 



Escrito por Newton às 23h42
[] [envie esta mensagem]



Last night a DJ saved my life

Desde a minha adolescência, eu sempre quis ser DJ. Me lembro que nos bailes de fundo de quintal eu sempre levava uma fita no bolso, ou então, ficava procurando alguma coisa diferente naqueles discos de trilha sonora de novela da Globo para tocar na festa. Adorava mostrar para o povo que eu tinha um gosto diferente do normal - vamos dizer assim "mais refinado". Ao invés de tocar os manjados funks e as famosas "lentas", colocava para tocar o que a gente chamava de New Wave: Duran Duran, David Bowie, Culture Club, Devo, B-52s, Billy Idol, Thompson Twins, Cyndi Lauper, A Flock of Seagulls... Imagina a cara da moçada quando de repente entrava um som desse! Por falta de grana, tive que deixar de lado esse hobby - não tinha como comprar LPs, mixer, toca-discos. Só agora aos trinta e poucos anos, consegui fazer um verdadeiro curso para DJ e, junto com um amigo, comprei um mixer e 2 CDJ's.

Você deve estar se perguntando: Por que um DJ precisa fazer um curso? Não é só escolher a música e tocar? Não é tão simples assim. Além do repertório, você precisa aprender a mixar as músicas, ou seja, trocar de música sem que o público perceba, sem que o pique na pista caia. E para isso, você precisa aprender um pouco sobre estrutura da música (compassos, barras, tempo), o momento certo para fazer a mixagem, os estilos e o principal e mais complicado: sincronizar a batida da música que está tocando com a batida da música que vai entrar.

Na teoria tudo isso é muito simples, mas quando você resolve colocar a mão na massa, você percebe que o buraco é mais embaixo. Você precisa treinar muito o ouvido e, quando digo treinar, significa treinar quase todos os dias! É claro que existem pessoas que aprendem a mixar muito rápido, mas a grande maioria demora muito tempo. Estou nessa há mais ou menos 3 anos e ainda não está bom. Por sorte, as pessoas não notam essa coisa de mixagem boa e ruim e, portanto, sou considerado um bom DJ e sou chamado para animar algumas festas. Já toquei até na festa de fim de ano da American Express, acreditem se quiser!

A sensação de ver as pessoas dançando ao som de uma música que você escolheu é muito boa. Mais legal ainda é quando as pessoas vibram, gritam, se empolgam com cada virada (troca de música). No dia 18 de julho, pude vivenciar esta boa sensação novamente. Desta vez foi uma festa de 15 anos em Assis (cidade do interior de São Paulo), da sobrinha da minha sócia e amiga Maria Helena. Dá para imaginar a responsabilidade? Mais de 100 adolescentes que pareciam que iam passar o resto da noite bebendo cerveja. Impressão errada: a moçada dançou muito... até as 3 da manhã !!!!! Dançaram forró, dance baba, disco, rock nacional, funk carioca, black... foi muito bom ! Me senti o próprio Fatboy Slim!

7 músicas "racha-assoalho" para a sua próxima festa:

1) "Groove is in the heart" Deee-Lite

2) "Kiss" Prince

3) "In Tha Club" 50 Cent

4) "Music" Madonna

5) "Mambo #5" Lou Bega

6) "YMCA" Village People

7) "Happy" Square Heads



Escrito por Newton às 18h09
[] [envie esta mensagem]



Lost in Translation

Nossa! Como ando relaxado com a atualização do meu blog. Acho que já faz 1 semana que não publico nada! Sabe, eu achava que esse negócio de blog era uma coisa bem + simples. Como é difícil me expressar através das palavras! Acho que já deu para perceber isso, porque ainda não encontrei o estilo para o meu blog: uma hora escrevo como se fosse um diário, outra hora como se fosse um "wanna be" jornalista... tá difícil... tá parecendo a carreira do Bowie: cameleônica.

Sexta-feira passada, mais precisamente 16/JUL, assisti em DVD o último filme da Sofia Coppola, Lost in Translation (Encontros e Desencontros em português). O que eu achei? F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Fazia tempo que eu não assistia um filme tão bom. Eu sabia que a crítica especializada ao redor do globo havia dado no mínimo 4 estrelas para o filme, mas quando crítico diz que o filme é bom, a gente tem que desconfiar porque na maioria das vezes o filme é chato, lento, sem pé nem cabeça, típico filme que você dorme nos primeiros minutos de projeção. Mas, para minha surpresa, o filme é bem engraçado (tem sequências hilárias com o Bill Murray), é contagiante, possui uma bela fotografia, ótimos personagens e um bom roteiro.

A estória se passa em Tóquio, uma cidade cheia de particularidades e curiosidades. A gente vai descobrindo tudo isso aos poucos junto com os personagens: o problema do fuso horário, a tradição do budismo e seus templos, os arranha-céus no estilo NYC, os video-games interativos, os "patchinkos", os karaokês, as estudantes, o metrô abarrotado, a pronúncia engraçada do inglês... Tudo embalado por uma trilha sonora nota 10 com Air, Peaches, Phoenix, My Bloody Valentine... A sequência final com Just Like Honey do Jesus & The Mary Chain é covardia. Assistam ao filme e comprem o CD!!! Mandatório.

Amanhã, vou alugar Virgin Suicides, o primeiro filme da Sofia Coppola, com trilha sonora inteirinha feita pelo Air. Depois conto para vocês o que eu achei.

  

 



Escrito por Newton às 18h22
[] [envie esta mensagem]



Guitarras para quê???

Quem disse que uma boa banda de rock/pop precisa ter um guitarrista? O Keane é quem não foi, pois para eles, basta um baixo, um piano, uma bateria e um bom vocalista para se tornarem uma das sensações musicais de 2004.

O meu primeiro contato com o trabalho do Keane foi o clip do single "Somewhere Only We Know" (que eu assisti no site da Radio 1), aliás, uma das melhores músicas do CD "Hopes and Fears".  Thank God que o CD foi lançado aqui no Brasil!

    



Escrito por Newton às 23h27
[] [envie esta mensagem]



Dia do Rock 2

 Ira! é banda das boas. Rock básico, muito bem tocado, simples e estiloso como todo o clássico. Este Acústivo MTV mostra muito bem a competência desses caras. Um dos melhores Acústicos da coleção. Programe o "repeat" do cd player para "Tarde Vazia".



Escrito por Newton às 16h47
[] [envie esta mensagem]



Dia do Rock

Hoje é dia do rock !!!! 

O Dia do Rock foi criado em 1985, ano em que foi realizado o mega-concerto "Live Aid" em benefício das vítimas da fome na Etiópia. Vocês se lembram do Band-Aid, aquela constelação de estrelas do pop inglês dos anos 80 que gravaram "Do They Know It's Xmas"?

Esta é a minha homenagem ao dia do rock. Aviso: deve ser tocado com o volume no máximo!

 "It's Only Rock'n'Roll" Rolling Stones

 



Escrito por Newton às 16h18
[] [envie esta mensagem]



Segunda-feira: Back To Reality

Depois de 2 dias acordando tarde, dormindo tarde, churra, cerveja, desencanação total... voltamos para a triste e dura realidade: trabalho, emails, contas para pagar, cronogramas, reuniões... 

Não posso reclamar muito, pois as minhas segundas-feira não têm sido tão sofríveis assim. Com a flexibilidade de horário da vida de consultor, posso me levantar um pouco mais tarde e trabalhar de casa. Tá certo que o stress dos projetos, problemas, etc... não despareceram, mas isto me ajuda a começar a semana melhor. Como é uma mudança na rotina que eu costumava ter, estou achando o máximo e tô curtindo muito. Daqui a pouco vou estar cansado de acordar um pouco mais tarde e trabalhar de casa, mas aí eu arrumo outro esquema. Pelo menos, quando não tenho nada para fazer, posso atualizar meu blog, ficar de papo no telefone, posso ver tv, ouvir música... e tudo isso sem ter que olhar para a cara azeda de segunda-feira do patrão! hehehehe

Bom dia !!!! Que a FORÇA esteja com vocês !!! E o café tb.

"I Don't Like Mondays" Boomtown Rats

"Rainy Days and Mondays" Carpenters

"Blue Monday" New Order

"Monday Monday" Mamas & The Papas

 

 

 



Escrito por Newton às 10h26
[] [envie esta mensagem]



E os meus 15 minutos de fama ?!?!?!?

Meu Deus!!! Como é díficil eu conseguir os meus 15 minutos de fama! Quando vou receber um email de alguém dizendo que conheceu tal banda ou tal música por causa do meu blog? Acho que nunca. Isto é igual ganhar na MegaSena. O contador de acessos só aumenta porque eu fico entrando toda hora no blog para ver como ficou o último "posting". Assim não dá!

"Fame" David Bowie     "Fame" covered by Duran Duran



Escrito por Newton às 00h46
[] [envie esta mensagem]



Descobrindo o Brasil

Taí uma banda "indie" brasileira que tem tudo para estourar. O nome deles é Ludov e eles fazem um rock/pop grudento como chiclete. "Princesa" , uma das canções do recém-lançado EP "Dois a Rodar", está fazendo bonito na programação da MTV. Já entrou até no hit parade como um dos clipes mais pedidos. Falta pouco para virar hit da molecada, mas será que é isso que a gente quer?

Vida longa ao Ludov!

   



Escrito por Newton às 18h42
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]